25 de abr de 2011

DIA DO LIVRO


                                                             

Semana passada, com os feriados e a pressa das pessoas para comprar ovos de páscoa , fugir da cidade, passear e descansar, passou despercebida, entre outras, uma comemoração importante : o dia do livro.
Esse companheiro que tanto bem nos faz anda totalmente desprestigiado. E é uma fonte de prazer que não se esgota. Podemos observar que crianças levadas a amá-los desde cedo têm mais sonhos, maior facilidade para encarar seus estudos, maior capacidade para alongar seus horizontes.

O poeta KHALIL GIBRAN fez uma colocação primorosa sobre o livro. Disse ele: " Um livro é como uma janela. Quem não o lê, é como alguém que ficou distante da janela e só pode ver uma pequena parte da paisagem."

Muitos dizem que livros são chatos e, para realizar trabalhos escolares, ficam buscando resumos na internet. Que tristeza! Quando lemos, nós entramos em um outro mundo, vivemos várias vidas, saboreamos vitórias e sofremos com as delisulões dos personagens. Não podemos captar tudo isso em uma síntese escrita por terceiros. Perdemos a elaboração da fantasia, a oportunidade de dar asas à imaginação.


                                                           
Sempre gostei de ler, mas devo isso a minha mãe que estava, frequentemente, a insistir para o fizéssemos. E ela só fez o curso primário, mas é atualizada,  vê noticiários e,  hoje, aos 84 anos, ainda gosta de ler. Credito aos pais a "façanha" de incutir nos filhos o amor pelos livros. Crianças vão gostar de ler se despertadas para o desconhecido, se tiverem aguçada sua curiosidade natural.  A outra parcela de responsabilidade está nas mãos dos professores. Alguns deles não apreciam a leitura. Como vão, então, fazer nascer esse amor em seus alunos?  Alguns "mestres" acabam é por despertar a antipatia pela leitura, não fazendo com que ela tenha vida, trabalhe o íntimo das crianças.


                                                             

Todas as profissões devem ser exercidas com amor. Se a abraçamos, façamos dela nossa realização. Os professores são instrumentos fundamentais no desenvolvimento de crianças e jovens. Podem até ser espelhos e, em razão disso, cumpre cuidem muito bem de si próprios, de sua mente, de sua atualização, para que se sintam felizes com o resultado de seu trabalho, ao encontrarem, mais tarde, seus ex-alunos brilhando e reconhecendo o mérito de quem os orientou na caminhada, em cada parte de sua formação educacional.





2 comentários:

  1. Bem lembrado. De grande valia o destaque
    que você deu para a importâcia da leitura,
    principalmente para as crianças em formação.
    Outra data que passou um tanto esquecida foi o dia 21 (Tiradentes).
    Bj.

    ResponderExcluir
  2. Oi Marilene!
    Verdade mesmo que o dia do livro passou quase desapercebido.
    Como você viu no Misturação, eu acho que as pessoas, cada vez mais, estão deixando a leitura de lado.
    As crianças, já tem a facilidade de pegarem prontos, trabalhos da escola, na internet.
    Tenho dois filhos, e o de 11 anos me chamou para mostrar uma apresentação de um trabalho no Power point de um assunto que ele deveria apresentar.
    Caí pra trás...todos os assuntos que digitei o nome, tinham pronto em Power Point.
    E assim, devemos ficar atentos ao máximo.
    Cobro demais dos meninos nesse ponto. Pesquisa somente escrita a mão, mesmo que o professor só queira impresso, antes eles tem que escrever, digitar e depois imprimir. kkkkkk
    Coitados!
    Mas é para o bem.
    Aqui um come e dorme lendo e o outro é péssimo pra leitura. Mas vou empurrando da melhor forma.
    Aff!
    Falei demais, né?
    Prometo que das próximas vezes, falo menos.rs
    Seja bem vinda ao meu blog.
    Volto para te seguir, pois o comando não está aceitando agora.
    Xeros

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...