01 agosto 2020

ESPERANÇA É CAMUFLAGEM?




Disse Mário Quintana que "a esperança é um urubu pintado de verde". Quando li, pela primeira vez, essa colocação, comecei a divagar. Vez ou outra ela me vinha ao pensamento. 

Que imagem estranha dela abstraímos! O urubu, amante de carniça, poderia adquirir tamanha representatividade, por simples camuflagem? A esperança, poderoso alimento para a alma, seria mera cobertura, como um delicioso chocolate envolvendo pedra?

Vemos a esperança como algo belo, impulsionador e transparente, vestindo o verbo crer.  É impossível viver sem ela, ainda que esse verde fosse mesmo uma coloração feitas às pressas, no intuito de camuflar ilusórias expectativas frente a situações que os corações não desejam enfrentar com realismo. 

A esperança não é sonho, mas o impulsiona. Fica mais forte em meio à tempestade. Tem cheiro de aconchego. Borboleteia sobre nossos pensamentos negativos, trazendo paz. 

Com ela, o crer abraça milagrosa força, capaz de nos trazer resultados tidos como totalmente inviáveis. Podemos, sim, descansar a cabeça nos ombros da esperança, sem temer que o verde se liquidifique e o urubu voe.


                                                            Marilene




9 comentários:

  1. Olá, Marilene, muito contente por te ver de volta à blogosfera!
    Esperança, sim, é preciso em nossas vidas, nos nossos dias ora tumultuados, ora mais calmos. Um tanto pessimista esse pensamento, uma vez urubu, sempre urubu! Seja camuflado de que cor for. Sabemos o que significa esse bicho. A esperança nos dá fôlego para a espera e para que um quadro de agonia ou tristeza se reverta, nos tire de uma situação difícil, dê a volta por cima. Esperança é espera pelo melhor.
    Um beijo, querida, uma boa semana,
    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O isolamento me trouxe saudade dos meus espaços e dos amigos blogueiros, como você. Assim, resolvi dar um pouquinho de atenção a eles. Creio que, sem esperança, os dias serão sempre nublados. Bjs.

      Excluir
  2. Estaria ele travestido de esperança,
    Marilene. Se não, eu acho que sim,
    mas se sim, quem sabe se você não
    está com a razão.
    Beijos de boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvio, a esperança nos ajuda a caminhar. Abraço.

      Excluir
  3. Fiquei muito feliz em te ver de volta Marilene.
    Eu também tenho estado bastante ausente do meu blog, mas as vezes a saudade bate forte e acabo voltando.
    Num momento como esse, a esperança tem que andar de mãos dada com a gente. Quem tem esperança, sabe que a qualquer momento coisas boas podem acontecer.
    Um texto lindamente escrito. Gostei muito de estar de volta aqui.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Smareis, a gente se distancia mas acaba sentindo saudades dessa interação. Nesses dias meio sombrios, é a esperança que nos move. Bjs.

      Excluir
  4. A esperança tem cheiro de aconchego.

    Boa tardinha de serenidade, querida amiga Marilene!
    Amei a definição sua de esperança.
    Um post muito abrangente. Dá o que meditar.
    Camuflar certas situações desagradáveis pode acontecer, bom mesmo e esperançar, dias melhores estão por vir.
    Tenha um domingo abençoado!
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela nos ajuda a manter a sanidade e a paz. Lindo domingo também para você! Bjs.

      Excluir
  5. Oi Marilene:
    E como diz o ditado: As aparências se enganam.
    Adorei
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.