16 de set de 2013

UM DIA CHUVOSO

                                                     
(mutablend)


O dia, preguiçoso, recusava-se a nascer. Não fosse a imposição da natureza teríamos um prolongamento exagerado da noite. Irritado, surgiu fechado e escuro.  Magoado, chorava, e a chuva fina caiu em todas as suas horas. O céu cinzento se fechou com intensidade, não permitindo que o sol encontrasse uma pequena fresta para se mostrar. 

Já é setembro, prenúncio da linda primavera. As flores anseiam por desabrochar, as folhas desejam retomar seu tom verde brilhante, esquecendo as companheiras que se espalharam pelas calçadas, sem tristeza, aceitando o ciclo findo.

Para sair de casa foi necessário chamar um agasalho, que já pensava estar em descanso até o próximo inverno. O caminhar nas ruas tornou-se mais rápido e as pessoas  encolhiam-se, buscando proteção sob os guarda-chuvas. Talvez o dia tenha sorrido ao vê-las assim. Ou talvez tenha se arrependido de sua preguiça e da melancolia que provocou, dispondo-se a nascer amanhã com prazer, claro e belo como o desejamos.

                                                                           Marilene


19 comentários:

  1. Em Portugal, nesta data, a atmosfera está numa fase oposta à descrita no texto que, pelo pormenor e sensibilidade, nos faz ter saudades da primavera. A imagem dos guarda-chuvas tem uma beleza rara. Que sorte ter janela sobre a passagem de peões! E que dom artístico para colher o momento!

    ResponderExcluir
  2. ;Marilene

    A esta tua prosa chamaria poética, nota-se muito aquilo a que chamo poética das palavras. Ela retrato muito muito uma realidade vivida também aqui, deste lado, muitas vezes. Quando assim é, não se pode ter dúvidas em recorrer agasalhos já destinados a outra Estação.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Por aqui hoje o dia está exatamente assim. Esperamos que venha o sol! beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  4. Mas estamos ainda no inverno a gente esquece pois fez calor aqui também e agora muita chuva ....
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir

  5. Texto lindo, mana.
    Descreveu este dia com extrema sensibilidade poética.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde Marilene :)
    Mesmo um dia chuvoso e preguiçoso,ficou aconchegante
    e bonito nesse texto.
    (Por aqui não está chovendo,mas o dia está fechado).
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida Marilene
    Aqui faz um calorão já... to bem queimadinha de sol de piscina no fim de semana...
    Já já vai clarear o tempo aí em BH também... a Primavera urge isso!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  8. Olá, querida Marilene
    Aqui faz um calorão já... to bem queimadinha de sol de piscina no fim de semana...
    Já já vai clarear o tempo aí em BH também... a Primavera urge isso!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  9. A chuva chegou aqui hoje de manhã. Primavera sempre chove mais! mas já sinto que o frio está indo embora (infelizmente). Boa tarde, Marilene!

    ResponderExcluir
  10. Aqui também chove muito...Sem parar!
    Eu gosto muito de chuva, principalmente se não tenho que sair na rua...
    Adoro dormir com chuva...A chuva trás introspecção, meditação e até contemplação...

    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Por aqui a garoa tomou conta, mas já teve uma chuvinha boa (estávamos mesmo precisando - muito seco e poluído).
    Na mochila, não só o agasalho, mas guarda-chuva, livros, lanchinhos... sair de casa com mudanças climáticas não é fácil rsrs.
    Gostei da imagem, me lembrou os Beatles.

    Abração esmagador e lindo dia.

    ResponderExcluir
  12. Sem dúvida, linda prosa poética!
    Encanto de sensibilidade...
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  13. E todas as imprevisibilidades que fazem nossa vida, e que é a própria vida, Marilene!

    Muito interessante e bem colocada a tua prosa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Texto lindo, Marilene. E eu amo esse tempinho que muitos odeiam. Mas está chegando a primavera e esses dias que despertaram esse belo texto ficarão mais distantes... Bjs e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  15. Aqui choveu e parou está um calor medonho
    mas o texto valeu muito, e com a vinda da primavera
    quem sabe melhora mais deixo um abraço pra vc

    Bom final de semana


    └──●► ¸.·*Rita!!

    ResponderExcluir
  16. Sempre me encanta sua arte de escrever, fico emocionada com tanta sensibilidade amiga querida.
    Parabéna Marilene por dizeres tão lindamente sobre a chuva.
    Amei!
    Um beijo em seu coração.

    ResponderExcluir
  17. Muito bom!
    http://evangelizando-comamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Boa noite amiga Marilene. O tempo (coitado), tá meio louco,kkkk. Aqui no Rio de Janeiro, hoje está fazendo um friooooo, 23º, isso lá é temperatura de primavera? Trancadinha dentro de casa, agasalhada e visitando o blog de amigos, delícia! bjnhos.

    ResponderExcluir
  19. Nossa, Marilene!!

    Descreveste com exatidão o que estes dias chuvosos(por aqui foram muitos...) me fizeram sentir! Bem assim!!! Onde anda a primavera????! Minha amiga advogada com alma literária!!! Escreves lindamente! É um prazer te ler! Obrigada!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...