16 de mai de 2013

SENSIBILIDADE, ONDE FOI PARAR?

((Digital Art by Mike Campau)
                                                     

A falta de sensibilidade nos relacionamentos humanos tem sido gritante. E quando ela se apresenta através de colocações feitas por um profissional que deveria tê-la a nortear seus procedimentos, como o médico, é assustadora. Realizando meus exames preventivos anuais, surpreendi-me, negativamente, com a conduta do ginecologista. Eu o conheço desde que vim morar em Belo Horizonte e, embora não atenda meu convênio, busco seus serviços pagando as consultas, por ter sido bem recomendado.

Na última, disse-lhe que vira, em um programa de TV , uma conhecida mulher, com mais de setenta anos, afirmando que mantinha sua qualidade de vida e sua satisfação com a aparência (cabelos, pele), sem nenhuma dificuldade no relacionamento com seu namorado, por ter um excelente atendimento por parte de seu ginecologista, que supria, com medicamentos, as carências surgidas com a menopausa.

Pensei que ele iria desenvolver o tema com a merecida seriedade. E levei um susto quando ouvi: "Você tem uns dez anos pela frente e ela é mulher que vive da imagem. Sugiro que não se preocupe com isso e faça algo que lhe agrade, bem como se candidate a um serviço voluntário, ajudando pessoas necessitadas!". Conclusão: para ele, eu nada mais tinha a esperar da vida porque completara 60 anos. Esse foi o sentimento que me despertou. 

Comentei o fato em família e todos se horrorizaram. Fiz o mesmo com outra médica e ela não se conteve, reconhecendo a infelicidade daquele profissional, em seus comentários. Sugeriu-me procurar uma ginecologista, mais sensível aos certeiros transtornos provocados pela menopausa. Complementou, ainda, que sua mãe teve um casamento infeliz, que seu pai foi um péssimo companheiro e que, aos 64 anos, ela estava mais viva e brilhante que nunca. Encontrara um amor real, casara-se novamente e se sentia muito feliz. E me alegrou ao dizer que, se chegasse à minha idade com a mesma forma que eu apresentava, ficaria realizada.

                                                                   Marilene

21 comentários:

  1. Que ginecologista cretino, Marilene. Não é nem questão de sensibilidade e sim de educação mesmo. Mas, vc tem razão, a sensibilidade anda cada vez mais escassa. E quantos maus profissionais nós temos espalhados por aí... Normal a família ter ficado horrorizada. Quem não ficaria? beijos.

    ResponderExcluir
  2. postingan yang sangat menarik, saya senang membacanya
    dan ini akan menjadi perhatian buat kita semua
    terima kasih sudah berbagi

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Há certos profissionais que não sei porque acham tão acima das pessoas e são tão arrogantes e grosso! Acho que precisamos acima de tudo da atenção voltada para nós enquanto somos atendidas.

    Sensibilidade? Amiga, há certos profissionais que estão ali apenas pelo o dinheiro e nada mais. Graças a Deus que tua saúde está bem!

    Um beijinho querida.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Marilene. Forget it! Com certeza, ele está preocupado com ele mesmo, que deve sofrer de impotência sexual, e dá o mesmo conselho à própria esposa, para que ela pense que é normal não fazer sexo.

    ResponderExcluir
  5. Puxa!esse poderia pendurar as chuteiras.Quem não tá com nada é ele,rs Falou por si! beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Excelente imagem, Amiga eu tenho 66 e não me estou a ver com x anos de vida.
    Terei os que Deus quiser. Quanto a esse ginecologista, se fosse eu, nunca
    mais lá punha os pés. Ou não tem sensibilidade nenhuma ou estava muito mal
    disposto, de qualquer modo não foi uma atitude digna.
    Beijinhos
    Irene Alves

    ResponderExcluir

  7. Oi mana,

    Fiquei deveras decepcionada com esta falta de tato dele para com você. Afinal, sempre foi tido como um excelente profissional. Ou você o pegou em um mal dia ou ele já está na hora de se aposentar. O bom profissional desta área deve procurar fazer de tudo para elevar a auto estima da mulher na fase da menopausa e não dar palpites completamente fora de propósito. Bye, bye para ele. Lá não pretendo voltar por solidariedade a você.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. Realmente Marilene,
    A idade não está nesses anos que nos castigam nem na fragilidade que se apresenta ao corpo com o passar do tempo, está na mente de cada hum. Nessa visão destorcida que as pessoas têm da vida. Fomos criado para viver para sempre, já que a imperfeição não nos permite isso hoje, nada mais justo do que usar dos recursos oferecidos pelo homem para aumentar o prazer e a felicidade de sermos sempre jovens e cheios de vigor!!!

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  9. Marilene, infelizmente nem todos os profissionais de adequam às necessidades do tempo, ou seja, nem todos acompanham o avanço da própria profissão!
    Um abraço. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir
  10. Olá Marilene :)
    Isto é lamentável e infelizmente mais frequente do que a gente imagina.
    Eu,nunca mais voltaria no consultório dele e também não o indicaria pra ninguém.
    É tão confortante quando numa consulta médica podemos ter a oportunidade de uma informação tranquilizadora;
    isso traz conforto e alívio.Mas se deparar com pessoas frias,insensíveis e indiferentes,é triste.
    Esse médico possui humanização zero.
    Bjs !

    ResponderExcluir
  11. Oi, Marilene. Que comentário infeliz, não? Penso que muitas pessoas, revestidas pela amargura de suas próprias vidas, sentem-se no direito de despejar indiferença em cima de quem atravessa seu caminho. É ainda mais triste quando se trata de um profissional que cuida de vidas.
    Não caberia à ele julgar quem merece ou não viver a vida plenamente, ou em que idade. Acho ainda lastimável quem se prende a padrões por causa da idade. Bom é aquilo que nos faz feliz, e à felicidade e saúde todos temos direito, sem distinção.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Bom dia,Marilene!

    Não tem como, não ficar chocada com um comentário destes.É de causar profunda indignação! Uma pena que existam profissionais assim,né?!
    Minha sogra ouviu de um gastro, que ela não precisava fazer uma endoscopia...que se ela AINDA estivesse viva deveria voltar ano que vem...podê?! E ele disse isso sério. Já prevendo que ela morreria logo(e falou, com todas as letras!).Fiquei pasma.Ela ficou sem ação!

    Falta, e em todos os setores da vida, sensibilidade hoje em dia! Triste!

    *Olha, amiga, nem consigo acreditar que tens 60 anos, pra mim tens 40!E te digo isso com toda aminha sinceridade.

    Beijos e eu carinho!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia cara mia!

    Que barbaridade hein? É como eu sempre digo - a ética no trabalho está indo ralo abaixo. E nesse caso, Mari, esse senhor esqueceu que aprendeu isso na faculdade, além do que como pessoa deveria demonstrar tato ao lidar com as pacientes nessa fase da menopausa onde a gente sofre o último trauma de nossas vidas femininas... ai que porre!

    Eu fico passada de bolinha estampada quando disse que tem 60 anos, AONDE, CADÊ, COMO E POR QUÊ? Ó, 60 é apenas um número, e vc não tem aparência dessa idade.

    Hoje podemos ser jovens por fora porque temos muitos recursos . O mais importante é ser jovem por dentro, no pensamento, nas atitudes no enxergar a vida e isso caríssima , vc tem de sobra.
    E manda esse médico catar coquinhos pra não dizer outra coisa kkkkk

    Não há mesmo mais respeito com os pacientes, nem mesmo os que pagam pela consulta.
    Infelizmente existe uma coisa chamada: MÁFIA BRANCA.

    Minha ginecologista cometeu um ato que não condiz com sua profissão ( não comigo) - mas fiquei sabendo por boca dela mesmo. QQ hora te conto.

    bacios minha queridona
    Lu :)

    ResponderExcluir
  14. To bege com o que disse o médico, creio que ele deveria fazer isso pois acho que já deve estrar estressado demais e se sentindo velho por pensar assim, affff...

    ResponderExcluir
  15. Marilene, lamentável o comportamento de parte da nossa sociedade em tempos atuais. E isso, lamentavelmente, se reflete no ambiente profissional e por consequência nos profissionais de diversos segmentos da nossa sociedade. Um grande beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  16. Passando pra deixar uma otima noite e avisando que tem novas postagens!

    http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
    http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/

    Boa semana, fique com Deus

    ResponderExcluir
  17. Bom dia minha querida , que coisa chata né
    a gente se preocupando e esses médicos não
    generalizando ,mas se eles não nos ajudar quem vai então
    Lamentável mesmo
    Tenha um dia super feliz
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  18. "A linguagem do coração é universal, só é preciso sensibilidade para entendê-la."e esse médico não sabe o que é isso:Esqueça-o

    Beijo.

    ResponderExcluir
  19. Ele falou exatamente o que ele sente ao olhar no espelho.
    Muito grosso e sem o mínimo de ética profissional, este deveria parar de clinicar e fazer urgente análise.
    Estou pasma.
    Acredite Marilene, também me sinto muito bem depois que comecei a fazer reposição hormonal.
    Um abraço querida, bjs no coração.

    ResponderExcluir
  20. Ele é um profissional não recomendável! É despreparado e sem sensibilidade para tratar da saúde feminina. Coitado! Está na profissão errada.
    Certa vez, a minha mãe foi ao geriatra que grosseiramente lhe atestou um remédio para dores e ainda disse: - Emagreça senão vais voltar aqui de cadeira de rodas. A minha mãe rasgou a receita e jogou na mesa dele. kkkk
    Mude de gineco, amiga!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  21. Muito bom mesmo esse post,Marilene.

    Temos que observar os profissionais com quem lidamos,pois são seres humanos com defeitos e cargas de passado.

    Na verdade creio que nós devemos resolver o que será de nossas vidas!

    E sempre procurar melhorar,na medida do possível,nosso corpo,mente e espírito.

    Sessenta anos atualmente é uma jovem mulher e pode tudo!

    Obrigada pelas visitas,minha linda!


    Beijos com sabor de carinho e lindo sábado

    Donetzka

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...