11 de mar de 2013

NÃO SE CALE !

(Anka Zhuravleva)
                                             

Não dividir a dor é ato de egoísmo, sem qualquer generosidade. 
É engolir o pranto e fingir sorrisos.
É não ser leal e verdadeiro para com os que nos querem bem.

Não dividir a dor é falta de sabedoria.
É impedir que os que amamos nos confortem, nos mostrem caminhos que ainda não enxergamos, que participem de nossa vida com intimidade.

Não dividir a dor é surpreender, negativamente, os que nos pensam contentes, tirando-lhes a oportunidade de estar presente em nossos momentos de aflição,  de dar um alento aos nossos corações.

Não dividir a dor é ato de desamor, camuflado no tolo pensar chamado proteção, eis que o afeto precisa ser recebido, principalmente quando mais necessário, quando silenciosamente pedido.

Não dividir a dor faz com que se multipliquem e se criem interrogações.
É destruir, na mais pura essência, de terceiros amados, a confiança.
É optar por uma negativa e destruidora escuridão.

                                                                       Marilene

15 comentários:

  1. MARILENE, achei linda e inspirada a sua postagem, mas me é difícil entender que nossas ristezas não estragam o dia dos outros. Ainda preciso aprender e trabalhar muito isso.

    Fiquei muito feliz de ver o renascer do VISÃO FEMININA. Há muito tempo atrás eu perguntei e hoje tive a resposta prática. Valeu!

    Beijo com carinho
    Manoel

    ResponderExcluir
  2. um texto que eu acho cheio de sabedoria.

    muito belo!

    boa semana.

    beijo

    :)

    ResponderExcluir
  3. Não dividir a dor pode ser tudo isso, claro! Afinal, eu não sei nada, apenas experimento tudo. O que me faz reflectir é de saber, quando se vê a nossa dor reflectida no olhar dos que mais amamos, como não nos sentirmos ainda pior? Provocar a tristeza no outro não me parece uma boa forma de melhorar a própria dor.
    No entanto, dividir e partilhar os momentos difíceis parece-me essencial. Resta a saber com quem e de que forma.
    Suscita reflexão!

    => Crazy 40 Blog
    => MeNiNoSeMJuIz®
    => Pense fora da caixa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dulce, já tive conhecimento de inúmeras tragédias que poderiam ter sido amenizadas, e até evitadas, se a dor houvesse sido partilhada. Creio que ninguém é tão auto-suficiente ao ponto de não precisar ajuda nos momentos mais dolorosos de sua vida. Penso sempre nas pessoas amadas e confiáveis para isso. Bjs.

      Excluir
  4. Boa tarde, Marilene. Que bom que voltou! O blog está mais lindo do que antes, na cor imagem e fonte! Ficou vivo, perfeito!
    Assim que eu estava lendo esse texto, lembrei do meu pai quando estava doente e ninguém sabia o que era.
    Creio, que discordarei de você. Ele quis carregar a dor, a vergonha ou sei mais o quê que em sua mente passava por proteção, a que ele julgava ser necessária.
    Todos víamos que ele estava doente, apenas não disse a real doença. Demos amor, cuidados e atenção, mas acredito que a pessoa que se resguarda tem os seus motivos, que necessariamente não são motivos egoístas.
    Se ele tivesse dividido, talvez se sentisse um pouco melhor, mas preferiu calar e poupar no pensamento dele, qualquer tipo de reação que levaria os seus entes queridos à uma triste e fatídica realidade.
    Creio, que pessoas para agirem assim, tem de ser corajosas!
    Seu texto serve para ótima discussão!
    Tenha uma semana de paz!
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia, eu não gostaria de ignorar a dor de uma pessoa amada, em qualquer sentido. Mesmo quando impotentes para amenizá-la, podemos estar presente, levando conforto. Penso que quem sofre tem sua dor diminuída quando pode falar sobre ela, sem constrangimentos. Tudo que é dividido fica mais fácil de se carregar. Bjs.

      Excluir
  5. Oi Marilene!
    Que texto perfeito...
    Me fez lembrar de um provérbio sueco o qual gosto muito:
    'Uma alegria compartilhada se transforma em dupla alegria;
    uma dor compartilhada,em meia dor."
    Bjs :)


    ResponderExcluir
  6. Oii, cá estou eu, e adorei o Blog, tinha que reativa-lo mesmo!
    Não dividir nossos sofrimentos pode criar chagas incuráveis no corpo! Bjoooooss

    ResponderExcluir

  7. Olá mana,

    Muito bem pensado e expressado.
    Às vezes encondemos a dor exatamente para não preocuparmos os entes queridos, mas, verdade seja dita, perdemos a oportunidade de sairmos mais rapidamente deste processo, pois quando dividimos a dor ela se torna mais branda, além de enxergamos horizontes que se encontravam sob a névoa do desalento e quiçá, da desesperança.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Querida Marilene
    pois é...a vida nos pega de surpresas e é duro aprender a enfrentar. Precisamos continuar, mas ás vezes queremos apenas boiar até chegar em algum lugar, descansar e se entregar.
    E a verdade é que a realidade, a realidade faz doer...e é nessa hora que precisamos ter alguém para dividirmos as nossas dores...e sempre que nos expressamos, a tendência é encontrarmos uma saída e nos sentirmos melhores.
    Meu carinho
    Boa semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Sem dúvida, Marilene. E não dividir a dor é uma punição contra si mesmo. Só faz mal e piora ainda mais o sofrimento. Lindo texto. Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia alegria!
    Concordo contigo Mari, a dor é que precisamos mesmo de carinho.
    Dividir ameniza muito porque o afago vem de coração, antídoto que precisamos para curar qualquer coisa nociva.

    Beijão

    ResponderExcluir
  11. Bom dia alegria!
    Concordo contigo Mari, a dor é que precisamos mesmo de carinho.
    Dividir ameniza muito porque o afago vem de coração, antídoto que precisamos para curar qualquer coisa nociva.

    Beijão

    ResponderExcluir
  12. Olá querida Marilene!
    Não sabia deste seu outro Blog e achei-o maravilhoso.
    Que texto instigante, voltarei pra ler todas as postagens...não consegui seguir, por que?
    Um grande beijo e parabéns.!

    ResponderExcluir
  13. Interessante e reflexivo esse texto...
    A gente, muitas vezes, esconde a dor por julgar que é necessário, talvez pra poupar as pessoas... E até por pensar que dividir não vai resolver as situações... Enfim, talvez seja bom pensar mais sobre isso.. rsrs
    Tá lindo esse blog!
    Beijos e meu carinho!

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...