11 de abr de 2012

RAZÃO E CORAÇÃO

(Adrien Donot)
                                                            
Nossos maiores enganos são aqueles que nós mesmos provocamos. É mais fácil ceder às ilusões que criamos que àquelas que nos querem impor. O que vem de fora, quase sempre, merece melhor análise por parte de nós. O que vem de dentro costuma ter embalagem que simula verdade e a abrimos sem cautela, sem refletir, falseando a realidade.

Sentir é uma necessidade na vida, mas nem todos os sentimentos são reais. E nos entregamos a eles sem sabedoria. O coração facilmente se engana e não pode dispensar a ajuda da razão. Se se obedece a apenas um dos lados, o caminho será sempre penoso, porque a ausência do outro formará lacunas, trazendo insatisfações e angústias inexplicáveis.


                                                                   (Marilene)

15 comentários:

  1. Oi Marilene
    Não tenho nem palavras, ou talvez tenha muitas, mas prefiro me reservar, e apenas dizer que seu texto é muito verdadeiro. Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Pensar e sentir parecem opostos< ás vezes, mas um precisa do outro... Concordo... e a arte de equilibrar os dois chama-se a arte de viver feliz!!
    Beijos Marilene!!

    ResponderExcluir
  3. Marilene, que coisa mais linda e verdadeira.
    Quem já não se sentiu assim?
    Acho que você deveria pensar em publicar as suas crônicas.
    Beijinho

    Lucia

    ResponderExcluir
  4. Bela reflexão, amiga Marlene.
    Um abração. Tenhas uma boa noite.

    ResponderExcluir
  5. Oi Marilene!
    É verdade viu. Tem que haver um equilíbrio entre o coração e a razão. Não podemos endurecer ao seguir um nem ceder sempre ao apelo do outro. Estamos sempre às voltas com esta dualidade, nesta eterna batalha.rss
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. suas palavras vieram como
    bálsamo! Obrigada.

    Um lindo dia pra voce.

    ResponderExcluir
  7. Bel post che io condivido, è facilissimo cadere nelle illusioni e molto difficile uscirne!! buona giornata...ciao

    ResponderExcluir
  8. Olá, Marilene

    Hoje cliquei neste seu outro blog e fiquei maravilhada.Excelente reflexão que vai ao encontro daquilo que muitas vezes acontece no nosso íntimo: seguimos as nossas ilusões sem cuidarmos que são apenas ilusões.

    Beijo

    Olinda

    ResponderExcluir
  9. Minha querida, ótimas palavras...com toda certeza, coração e razão tem que andar de mãos dadas, pois muitas vezes estamos tão presos nas ilusões, que nos enganamos e dizemos estar a seguir o nosso coração e nos decepcionamos. Então há de se equilibrar com a razão e o bom senso também.
    Feliz tarde, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  10. .



    Marilene, eu queria muito que vo-
    cê fosse uma das primeiras a tomar
    conhecimento do texto do meu blog
    aonde eu falo dos desejos da mu-
    lher, muitas vezes reprimidos por e-
    las mesmas, o que as tornam
    tristes e quem sabe, infeliz?

    Você vai gostar.

    Um grande beijo,


    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  11. Esse é um grande desafio minha querida Marilene, fazer razão e coração se entenderem, mas penso que assim é necessário. Os dois devem caminhar juntos. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  12. Marilene

    É certo que somos nós o provocar os nossos maiores enganos e porquê? Ficamos num estado mental ausente de critismo. O espirito critico tem tendência a revelar-se mais nas sugestões que surgem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. .


    Vim agradecer as palavras, a visita
    e a simplicidade com que nos trata.

    Beijos,

    silvioafonso




    .

    ResponderExcluir
  14. Demorei muito pra aprender a ouvir meu sexto sentido. Sempre teimava em fazer as coisas que eu querida, não ouvia minha voz interior dizendo pra não fazer...
    Agora, aprendi a respeitar os sinas que a vida me transmite e, vivo bem melhor e sem cometer tantos erros!

    Beijão

    ResponderExcluir
  15. Olá MANA,

    O ideal seria que houvesse um equilíbrio entre os dois, mas tendemos a deixar mais
    peso na balança da emoção. Por isso vacilamos e erramos.
    Vale ouvir a nossa intuição e o bom senso.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...