30 de abr de 2012

DANÇA DOS VÉUS

(Warren Johnson)
                                              
Inúmeros véus nos cobrem, formando a imagem refletida no mundo exterior. A que está no espelho só é visível na individualidade, quando deixamos os olhos se voltarem para dentro de nós. Esses véus colorem, embelezam e também camuflam. Nós os vestimos, não para cobrir o corpo, mas a alma. E vários podem ser dispensados, sem pudor, com o simples propósito de nos tonar mais autênticos e verdadeiros.

Os da alegria contagiam e podem se sobrepor aos demais.
Os cinzentos da dor, da melancolia, da desesperança, sequer deveriam ser mostrados. Levam escuridão a quem nos olha e impedem aproximações.
Os dourados nos iluminam e têm a capacidade de aquecer os  corações que anseiam por frestas de luz.
Os brancos mostram a paz , a calmaria, a tranquilidade onde depositamos nossas verdades. Sua transparência influencia comportamentos lúcidos, consciência, desejo de bem estar.
Os camuflados escondem a inveja, o egoismo, a falsidade. E enganam incautos, levando-os à escolha de equivocados caminhos.

Com vários deles nos cobrimos, mas têm existência fugaz, diante de olhos atentos e de sinceros sentimentos.

Aparentemente, na dança cotidiana, podem nos apresentar como perfeitos bailarinos, ajudando na coreografia que a mente desenhou, habilmente. Mas essa mesma dança exige que os lancemos fora, um a um, até que, desnudados completamente, possamos ser vistos por inteiro. Os belos não perderão seu lugar, em vista dos frutos que oferecem e que são gravados na memória dos espectadores. Os demais, máscaras não teatrais, acabarão por ser destruídos com o tempo , que não dá guarida a ilusórios tecidos e bordados.

                                                          (Marilene)

12 comentários:

  1. Olá, amiga Marilene!
    A vida seria um encanto se houvesse somente os véus dourados e brancos, mas as cores vão mudando conforme os sentimentos até descolorirem.

    Que inteligente ensaio, amiga!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
  2. A volte i colori cambiano, sono le nostre emozioni che ci fanno vedere il colore più bello!! Felice seetimana a te....ciao

    ResponderExcluir
  3. Olá, Marilene
    São muitos e de várias cores os véus que nos cobrem, dependendo do dia e, acima de tudo, da pessoa perante a qual nos apresentamos.
    Seria maravilhoso que nos pudéssemos cobrir apenas de véus luminosos e de cores suaves; mas muitas vezes a vida se encarrega de nos fornecer véus cinzentos, e temos que os aceitar, orando para que essa fase "cinzenta" passe logo, logo, e não deixe sequelas.
    Gostei muito de sua reflexão.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Lindo querida...é verdade são tantos os véus a encobrir cada um de nós, nos cabe despir dos ilusórios e termos a humildade e coragem de ficar somente com aqueles que mostrem quem somos de fato, trabalhando de eliminar os que não nos torna o melhor de nós e invistamos no que nos faz o melhor de nosso coração e alma.
    Beijos, doce semana amiga,
    Valéria

    ResponderExcluir
  5. Oi Marilene!
    Ah, estes véus coloridos que dão cor a este bailar que é a vida, uns nos dão alento já outros nos fazem tropeçar, são ilusórios, estes devemos soltar...voar.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Texto excelente, MANA.

    Infelizmente é assim.
    Seria ótimo se os véus que encobrissem facetas hipócritas e falsas pudessem ser espontaneamente descortinados. Não há como passar uma vida mantendo este tipo de
    roupagem.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Os véus podem esconder muita coisa, de facto, mas a verdade vem sempre ao de cima, como o azeite na água.
    Texto muito bom, que convida a uma reflexão.
    Beijo, querida amiga.

    ResponderExcluir
  9. Há que se ter muita coragem para desnudar esses véus!

    ResponderExcluir
  10. A amizade, nasce e cresce como flor,
    mas para ela viver,devemos cultivar com amor.
    Rega-la a cada amanhecer.
    Manter a sinceridade sempre.
    Não quero sua amizade por um unico Dia.
    E sim para toda vida. Depois da flor vem a semente.
    Vamos planta-la. Nossa amizade enraizada.
    Até o fim da nossa jornada. beijos meus,
    Evanir. 14 de junho de 2011 08:30
    Mensagem que levei a minhaslindas amizades
    a quase um ano.
    Eternizada no blog da amiga(Simone Martins)
    Eu continuo pensado da mesma forma por isso
    estou aqui hoje.
    Ertenizando nossa amizade.
    Um ,Dia abençoado .
    Paz e luz no seu viver.
    Beijos,Evanir.

    ResponderExcluir
  11. Marilene

    Os espelhos refectem as nossas aparências a todo o momento. O que vai não deixa de contribuir. No entanto há que ter sempre força de ânimo para enfrentar qualquer contramento, de que a vida é fértil. Atrás de tempestades ocorrem bonanças.
    Desejo informar que, depois de umas férias, apareceu.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Marilene

    Quis dizer TOP SECRET OLAVO, tem novo capitulo.
    Beijos

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...