20 de fev de 2012

ENTRE BLOGUEIROS

(Georgia Kapetanaki)
                                    
                                                                      
Será que surtem efeitos essas campanhas que vemos por aí, a respeito da manutenção de relacionamentos saudáveis entre bogueiros? Aquelas que anunciam, como novidade, que gentileza gera gentileza? As que evidenciam o direito de manifestação, clamando, também, por reconhecido direito, que se tenha respeito ao fazer comentários?

Acredito que tudo depende de educação e que nenhuma intervenção, nesse sentido, vai alterar o comportamento dos que, muitas vezes, de forma anônima, agridem com palavras os autores de textos e poemas. Vejo reclamações de amigos e fico pasma com algumas colocações que leio em certos espaços. Aplaudo a dignidade daqueles que os respondem com sabedoria, sem demonstrar o descontentamento que, certamente, os acomete.

Alguns só entram em nossas casas para fazer convites. Sequer se dão ao trabalho de ler a postagem. Absurdamente, o fazem até duas ou três vezes na mesma publicação. Se seus nomes estiverem mencionados nelas, nem perceberão. Anseiam por aumentar o número de visitas que recebem, como também o de seguidores. De que adiante ter 1000 rostinhos sorridentes naquele campo, se não há comunicação entre eles? Mas esse objetivo é alimentado por alguns que só se dão a conhecer com essa finalidade. Gostaria de saber se há algum prêmio para isso, porque me foge à compreensão essa espécie de comportamento.
                                                                 
Gentileza gera gentileza, mas a falta dela se reflete do mesmo modo. Tenho me sentido incomodada com o fato, razão de mencioná-lo. Não gosto daqueles "comentários" copiados e colados. Não são respeitosos. Enquanto as pessoas não aprenderem a se relacionar dentro dos critérios estabelecidos pela boa educação, de nada valerão essas campanhas, das quais nem tomo conhecimento.

Desabafar faz bem (rss). E aproveito o carnaval, com suas cores e seu samba, para mostrar que nem todas as fantasias costumamos alimentar, assim como nem todos os ritmos gostamos de dançar.


                                                               Marilene





44 comentários:

  1. É moça bem vinda ao clube,
    Risos...
    Hoje recebi um email cheio de coisas tão baixas.Até fiz um texto sobre isso, e deixei em rascunho para postar amanhã.
    È triste estas coisas.
    Também não gosto de coisas coladas, sem calor humano.
    Sabe?As pessoas não devem sair assim correndo atrás de seguidores, sem ao menos sentir, que ali você irá encontrar um sentido.
    Sou muito positiva com isso.
    Fico me sentindo mal, com aquele "oi tô ti seguindo me segue também".
    É como se fosse por livre e espontânea pressão seguir.
    Ir no cantinho de alguém é muito espcial, por isso o coração deve sempre ditar as palavras.

    Um beijinho linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, você é tão amorosa em seu blog. Estive lá e lamento que lhe tenham dito tantas inutilidades e inverdades. Bjs.

      Excluir
  2. Marilene querida, excelente a sua colocação.
    Fico pensando o porque dessa "correria" e importância de se ter muitos seguidores. Só uma coisa me vem a mente. Quanto mais seguidores mais fácil deve ser para gerar receita através do blog. Será isso ?
    Pessoas são o que são. E nos blogs elas apenas se mostram.
    Desculpe mas aproveitei o desabafo...risos.
    Beijinhos

    Lucia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não creio (rss). Quem faz isso não tem habilidade para "gerar receitas". Você foi muito feliz, também, ao falar da confirmação de palavras. Que chatice!! Perco um tempão para decifrar as letras (kkk). bjs.

      Excluir
  3. São pessoas que não sabem o que significa blogar!
    Muitos deixam bem claro que não leram nada da postagem, mas parece que não se incomodam com o fato de sabermos disso.
    O pior comentário que eu li num dos meus blogs foi quando fiz um texto falando da morte do meu pai e alguém me perguntou no comentário: "Seu pai está melhor?" Imagine como me senti. Nem me dei o trabalho de responder.
    Beijos, amiga!
    Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  4. MARILENE, a experiência de vida vai nos calejando um pouco. Na maior parte das vezes, como somos educados, "fingimos" entrar na "corda" do comentarista. Já nos acostumamos com telefonemas dizendo que porque somos muito importantes vão conceder um "Master-Hiper" cartão de crédito, rs...rs. (Aí você acredita e vende até a mãe para pagar a somatória das "pequenas despesas, rs). E por aí vai. Tenho para comigo que quanto mais pessoas nos seguem, mais disponibilidade de tempo temos que ter para dar a atenção para todos. Até acho que não deveria existir esse campo estampado nos blogs. Poderia ficar oculto.

    As campanhas não levam a nada. Tudo depende de sua educação mesmo. Estou cansado de saber que gentileza gera gentileza. Da mesma forma, se eu desacatar um "mastrodontes" na rua, ficarei sabendo que o contrário também é verdadeiro.
    Na minha lista de seguidores tem um monte de personagens que nem existem como blogs. O mais triste é que não se consegue desvinculá-los daquele seguimento. Isso é uma falha do Google num ponto e uma vivacidade em outro porque impressiona a quantidade de pessoas usuárias do Blogger. Quando era só do Blogspot, tínhamos menos recursos, todavia maior comando sobre o blog.
    Acho engraçado ver comentários iguais em todos os blogs. Não vou citar nomes porque é chato, mas tem gente que "cola" o mesmo comentário em todos os blogs que visita. Dá vontade de rir, mas é triste, não é?
    O bom é que a gente sente quem de fato lê e gosta da postagem, ou lê porque gosta da nossa pessoa. Isso é edificante. Vamos até descobrindo do que as pessoas mais gostam. As vezes arriscamos uma brincadeira (sem magoar, é claro!). No fim do comentário ficamos em dúvida se colocamos "abraços ou beijos". Tem gente que se melindra e se sente desrespeitada se você coloca "beijos".
    Claro que são detalhes, todavia poderíamos ficar sem essa preocupação. Muitas vezes danço conforme a música, mas na maioria dos casos, bom mesmo é moderar os comentários. Se aparecem palavras de baixo calão ou ofensas a terceiros que a gente nem conhece, corta-se o comentário e o devolve explicando o porque.
    Bem...vou parando por aqui senão isso vira carta ou eu começo a misturar os assuntos.
    Muito oportuno o seu desabafo. Garanto que provocará a manifestação de muitas outras pessoas e idéias surgirão para a gente driblar essas chatices.
    Bjos.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Marilene.
    Vim te desejar uma semana cheia de flores e amores.

    Beijinho

    PS: E essa mania de engulir palavras... Desculpa amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me acontece. Pior é que, muitas vezes, quando percebo já foi. Bjs.

      Excluir
  7. A nossa alma rende-se muito mais pelos olhos,
    do que pelos ouvidos.
    António Vieira

    Minha querida...eu ja passei por situações tão
    absurdas ! E ainda passo. Tão feio e deprimente
    as pessoas usarem o espaço, as palavras levianamente.
    Mas , escrever salva-me diariamente...e sempre faço
    oraçoes por todos...impossivel pessoas assim estarem bem.
    E do outro lado tem muuuita gente legal , que vale a pena,
    ler, comentar e se emocionar {como voce].

    Beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria merece nosso respeito e amizade. São poucos, felizmente, os que não usam com sabedoria e respeito os nossos espaços. Bjs.

      Excluir
  8. Boa tarde, Marilene. Acho que o meu comentário não foi, logo, tentarei resumir o que escrevi anteriormente.
    Para mim, é uma questão de respeito e educação para com quem comenta, ler, prestar atenção na abordagem de um tema e não excluir comentário, pois cada um tem direito a liberdade de expressão, e não vivemos numa ditadura das palavras.
    Eu costumo criar raízes com quem eu visito, pois são pessoas reais que merecem respeito, e a troca é excelente.
    Creio que a empatia não se dá com todos, uns tem mais do que outros, contudo, o carinho é fundamental, pois se eu leio a obra de alguém, me interesso e comento, ainda que eu não concorde com tudo, sempre acharei um foco para comentar.
    A lealdade e o carinho são ingredientes fundamentais para uma boa relação, assim se dá conosco nessa imensa blogosfera.
    O grande problema, é que alguns autores querem que concordemos com o seu pensamento esquecendo que temos pensamentos diferentes, e podemos e devemos expressá-la desde que não desrespeite ninguém.
    Eu não excluo comentário de ninguém, e já li coisas das quais não gostei, mas é a opinião expressa, e isso eu tenho de respeitar.
    Se todos buscassem uma harmonia de coração, uma fidelidade, e um carinho tão sereno, propagaríamos a obra das pessoas, pois sempre aprendemos algo com todos.
    Ninguém é estrela!
    Comentar com frieza não é bom, é desnecessário. Melhor não comentar!
    Conhecemos pessoas maravilhosas que se entregam quando comentam, e isso é ótimo, assim como existem pessoas que comentam por comentar, e isso é péssimo, e penso que elas não gostariam de receber comentário do mesmo tipo em suas postagens.
    O respeito é fundamental, então, comentemos assim, ainda que não concordemos com o que lemos, sempre teremos um modo educado de expressar isso, é só querer e ter bom senso e enxergar um ponto positivo para explorar o que foi lido.
    Quanto aos comentários colados, eu também não gosto, apenas respeito aos que realmente por motivo grave fazem isso. Assim dá para entender.
    Sejamos mais respeitosos com o nosso próximo, pois é exatamente isso que gostaríamos para nós! Liberdade de expressão com respeito!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabemos que muitos passam por dificuldades em termos de saúde e os respeito. Esses estão excluídos de meu posicionamento. Você é uma pessoa que lê e comenta com clareza. É bem vinda em todos os blogs, pois dedica especial carinho a cada um deles. Fácil perceber isso. Bjs.

      Excluir
  9. Patrícia

    Nessa loucura do blogger, encontrei seu comentário anterior, na caixa de mensagens. Não entendo porque não estão entrando no blog. mas vou transcrevê-lo:
    Patrícia Pinna deixou um novo comentário sobre a sua postagem "ENTRE BLOGUEIROS":

    Bom dia, Marilene. Acredito que em primeiro lugar, as pessoas têm de ser respeitadas.
    Os comentários feitos, mesmo que sejam contrários à opinião do autor, não devem ser excluidos, desde que não ofendam ninguém, pois liberdade de expressão é válida, e cada qual tem a sua maneira peculiar de se manifestar.
    Eu sou o tipo de pessoa que sempre procuro estreitar laços com quem conheço, participar um pouco da sua vida, me fazer amiga.
    Já obtive comentários dos quais não gostei, e nem por isso exclui, pois é uma tremenda falta de educação para com quem gasta seu tempo raciocinando com a maior alegria para enfim comentar do seu modo o que foi lido.
    Temos de aceitar a diferença no outro, e saber que pontos conflitantes são ótimos para levantar uma discussão saudável.
    Eu também não gosto de comentários frios, ou daqueles que só aparecem pelo fato de uma retribuição de visita. Seria muito bom a outra parte tomar a iniciativa e comentar, se importar, de verdade.
    Somos pessoas reais, e não virtuais, logo temos sentimentos, e estes podem ficar tristres com o descaso de muitas pessoas.
    Por outro lado, ainda bem, existem pessoas que comentam com real vontade, educação e carinho, raciocinando sobre o que foi escrito. Isso sim é uma troca.
    Carinho NUNCA É DEMAIS, E NUNCA SERÁ!
    Quanto à comentários colados, eu relevo quando sei que a pessoa de fato, não tem condição para comentar por motivo muito sério.
    Para mim, o que falta é FIDELIDADE entre muitos que comentam, e respeito pelo o que escrevem, e incentivo também.
    Se eu gosto do seu trabalho, eu propago, e isso é saudável. Essa interação deveria ser levada mais à sério, pois todos têm algo de bom para mostrar.
    Um beijo, e fique na paz!



    Postado por Patrícia Pinna no blog Visão Feminina em 20 de fevereiro de 2012 11:46

    É muito desagradável isso, porque os amigos podem pensar que excluímos suas manifestações. Querida, saiba que nunca farei isso, até porque você é muito clara, objetiva e atenciosa em seus comentários. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Olá,querida Marilene
    Gostei do seu desabafo... é importante a transparência...
    A gente vai se policiando dos erros cometidos...
    Recebo muitos copiados e colados e teço outros quando necessário...
    Há pouco, pela perda dos meus blogs antigos não tive outra opção... foi o jeito!!! Mais de 1000 seguidores perdidos...
    Mas que to me sentindo leve... lá isso sim!!!
    Agora, com 10% e bem mais feliz... é como vc bem disse: a qualidade sim... não a quantidade...
    Bjm de paz e alegria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos dos nossos amigos enfrentam situações que não lhes permitem comentar. Eu os entendo e respeito. Conhecemos suas razões. Comodismo é que fica desagradável. Bjs.

      Excluir
  11. Marilene, acho que campanhas não resolvem, pois cortesia e gentileza é uma questão de índole e de educação. Também não gosto de comentários colados. Já não gosto daqueles recados padronizados do orkut; lá meus recados são individuais. À medida que aumenta o nº dos meus seguidores vou ficando preocupado, pensando, puxa, daqui a pouco vai faltar tempo para ler as postagens de todos, independente de que eles leiam ou não as minhas.
    Amiga, infelizmente no mundo nem todas as pessoas são como a gente gostaria que fossem. E na blogsfera também não é diferente.
    Um abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, Dilmar. No real e no virtual, as pessoas se comportam da mesma forma.
      Bjs.

      Excluir
  12. É isto mesmo minha querida! Temos que nos acostumar com esse tipo de blogueiro estupidamente egocêntrico. Eu não posso reclamar, pois, até agora nunca recebi um comentário desrespeitoso. Nem todos concordam com minhas idéias, mas até aí tudo normal. O respeito é mútuo.
    Fez bem em desabafar, principalmente se isto te incomoda!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia
      Felizmente, nunca recebi um comentário desrespeitoso. Mas já os vi em blogs amigos e confesso que fiquei chateada. Outro dia recebi um comentário e até me senti feliz, pensando que a pessoa havia lido as postagens. Quando entrei em outro blog, o mesmo comentário estava estampado lá. Aí está a falta de respeito. Só querem nos chamar e aumentar seus seguidores. Bjs.

      Excluir
  13. Olá, estimada amiga Marilene!
    Seu texto é sóbrio e sábio!
    Acredito que devemos ter ética e respeito em tudo fazemos na nossa relação interpessoal. Impor um comportamento não é o caminho, pois isso é construído durante toda uma vida. Procuro sempre valorizar o trabalho dos amigos, uma que vez não fez para si, mas para os outros; no entanto há, sim, muitas pessoas que, de ser tão corriqueiro em seu comportamento, não percebem que foram indelicados e inoportunos com quem se relacionam frequentemente. Já outras são mal-intencionadas ou mal-educadas inatas.
    Somente visito blogs quando gosto do conteúdo. Se precisar me comunicar com a pessoa, uso o e-mail, visto que é mais apropriado.
    Aqui, na blogosfera, é um microcosmo, em razão disso, há gente para tudo, como na vida real.

    Parabéns pela lucidez!

    Abraços do amigo de sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é um amigo daqueles que todos desejam receber. Em qualquer espaço onde vá, deixa respeito, amizade e cultura. Bjs.

      Excluir
  14. Marilene aquele ditado de quantidade versus qualidade é tema atual na sociedade em que vivemos e acomete as pessoas das mais variadas formas e o seu texto aborda brilhantemente este assunto. Só não podemos mudar a decisão delas, mass até que podemos ajudá-las a refletir não é mesmo?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, minha amiga. Quem sabe, um dia??? Bjs.

      Excluir
  15. Estou totalmente de acordo contigo.
    Detesto quando fazem que comentam sem sequer terem lido.
    Também não sei para que serve seguir e nem ler...
    Enfim, há gente para tudo.
    As pessoas dos blogues têm atitudes idênticas às da vida real. Não há grandes diferenças de comportamento.
    Beijos, querida amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, Nilson, o real se manifesta no virtual. Bjs.

      Excluir
  16. OI MANA,

    Quem pretende estabelecer relações verdadeiras e duradouras neste mundo da blogosfera deve agir com respeito e consideração, não fazendo aos outros o que não desejam para si. Considero deselegante entrar em um blog apenas para assinar presença, sem ler o texto. A interação é espontânea. Afinal, o titular do blog se deu ao trabalho de idealizar um texto e ilustrá-lo para deleite dos frequentadores de seu espaço. Logo, merece ser lido e comentado.
    Textos copiados e chamamento para visitas não merecem retorno, a meu ver.
    Creio que a permanência deste tipo de blogueiro na blogosfera tende a ser curto.
    O que conta, realmente, é ter amigos fiéis e que se interessam por sua amizade e pela leitura das postagens. Número de seguidores (o que não seria o caso, pois não somos religiosos, seitas, ou afins) não importa. O que conta é a qualidade e fidelidade dos amigos visitantes.
    Por fim, o respeito é fundamental. Ninguém é obrigado a concordar com o que é exposto na publicação e dela pode discordar livremente, mas sempre com elegância.

    Ótima abordagem!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já havíamos conversado sobre isso (rss). Ninguém tem que concordar com a opinião alheia, mas deve se posicionar com elegância. Textos copiados, só daqueles que sabemos estar enfrentando dificuldades e que merecem nossa amizade e nosso respeito. Bjs.

      Excluir
  17. CONCORDO COM O TEXTO, É BEM CHATO ESSAS COISAS MESMO!


    Passa no meu? Se gostar segui?
    http://cosmeticos4ever.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Gostaria que tivesse lido a postagem.

    ResponderExcluir
  19. Oi, Marilene!

    Faz um tempo, no (quase) finado orkut, que havia comunidades destinadas a blogueiros divulgarem seus blogs, posts, etc. E um joguinho fazia sucesso nestas comunidades: "Comente no blog acima". A pessoa postava e o primeiro a responder teria que passar no blog da pessoa e deixar um comentário e assim por diante seguia no orkut.

    Eu cheguei a participar destes "joguinhos" por um tempo. Vamos dizer que a coisa foi mais ou menos assim: em cada 10 comentários recebidos, 8 eram de "propagandas" do tipo "gostei do seu blog, passa no meu" ou "legal seu blog, visite o meu blog____". Tais atitudes não geram reciprocidade ( a não ser forçada por um "jogo" com regras em uma comunidade do orkut!) e, pior, acabam até prejudicando os bons e sérios blogueiros que sempre tentam postar conteúdos interessantes e originais.

    Já até escrevi outro dia no meu humilde bloguezinho: prefiro 5 ou 6 comentários que acrescentem algo à minha postagem - que eu sei que a pessoa leu, se interessou e teve a GENTILEZA em dedicar alguns minutos para tecer suas opiniões - a 800 comentários do tipo "uhauhauhauauhauha", "legal", "gostei, passa no meu".

    É tudo muito desagradável. Uma pena. Mas assim vamos "filtrando" quem realmente tem algo bom a oferecer.

    Beijos e boa semana, bom retorno de carnaval! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parei de visitar aqueles que só agem assim. Aqui mesmo, nos comentários, é visível essa situação (rssss). Bjs. ( e nunca diga meu humilde bloquezinho, seu talento não merece modéstia)

      Excluir
  20. Marilene

    Plenamente de acordo, tudo é uma questão de formação eeducação. Qualquer blog tem de ser visto como uma sala de visitas. Talvez haja certa gente que goste de ter pessoas deselegantes na sala de visitas. O copy e past, é outra tipologia, dá para muitas vistas e consequentes retribuições sem qualquer leitura. Ora uma das coisas boas que se podem encontrar no mundo da blogsfera, são as diversidade de particularidades. Particularidades que nos enriquecem, mentalmente.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Daniel, ninguém quer, na sala de visitas, quem entra e sai em silêncio, limitando-se a transcrever um recado. Bjs.

      Excluir
  21. Marilene,
    Acredito que seu desabafo seja também de muitas, e muitas pessoas. Sabemos quem são nossos "amigos" também no mundo virtual. Gostei muito, um abraço, tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivana, você que é sempre gentil, sabe o que é manter um relacionamento nesses nossos espaços. Bjs.

      Excluir
  22. Marilene minha querida, concordo totalmente com você.
    Não sei o porque alguns gostam mesmo de marcar presença, como um cartão de ponto, mal leem ou comentam, para tentar garantir reciprocidade, ou querem mesmo é aumentar seus seguidores, vivem a caça deles, mas esquecem-se que para receber é importante a gente se dar.De que adianta ter tantos seguidores, se não há troca, não há comunicação verdadeira entre as pessoas, se não curtem de fato o que fazem e o que os amigos fazem. Penso que o mais bonito é a gente ir no ritmo que nos seja possível, mas com qualidade, dando a devida atenção ao post e ao amigo, isso sim, enriquece a alma, alegra nossos corações.
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre um enorme prazer saber o que os amigos pensam sobre o que postamos, independente de concordarem ou não. Mas esse hábito de só entrarem para fazer convites não é elegante. Bjs.

      Excluir
  23. Marilene, não sei se sou maluco, louco, doido ou diferente, viu! Mas certas regras que aqui na blogosfera são adotadas, definitivamente não as sigo. Sigo o meu bom senso, a educação, como muito bem foi observada por você e a minha vontade de ler e acompanhar um blog, vontade aproposito, que me faz, nas vezes que posso e tenho oportunidade, está aqui no seu rico espaço. Nada melhor que um ato espontâneo para expressar nosso carinho e admiração por alguém ou por algo, não é verdade. Forçado, nada presta. Um beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é educado e gentil. Qualidades que não necessitam de outras regras, para um relacionamento virtual. Infelizmente, nem todos têm essa compreensão. Bjs.

      Excluir
  24. Olá! Bastante tempo ausente nos comentários, mas nunca deixando de dar uma espiadinha, porque como neste post e em todos os outros por aqui, sempre encontramos idéias e opiniões de qualidade que valem a pena ser lidos. Bj.

    ResponderExcluir
  25. Nossa Marilene!!!!!

    Posso te aplaudir??!!!!Foste perfeita nas colocações, e penso ser um sendo comum entre aqueles que gostam dos blogs para compartilhar idéias e conteúdo!!!Também não entendo que vantagem pode ter um monte de pessoas te seguindo que nem aparecem!Ou quando aparecem é só para pedir visita...não é nada educado,né?!
    Tenho alguns seguidores que nunca deixaram um comentário!
    Já nem ligo mais, paciência né?!
    Pra mim quantidade não é sinônimo de qualidade...e relações vazias deixam um mal estar na alma!Gosto de gente, do que é verdadeiro,não precisa concordar sempre comigo, gosto de opiniões sincera!!!!Sem máscaras, sem fingimentos...sem superficialidade...
    Beijos pra ti!!!!!PARABÉNS!!!Disseste muito bem o que à muito fica no meu pensamento!

    ResponderExcluir
  26. Entre nós Marilene tudo corre bem... seremos muitas gotinhas... e que um dia acenao... só não sei em que ano....kkkkk
    Beijos!!

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...