14 de jul de 2011

A INTUIÇÃO


                                                                     

A intuição pode ser comparada à interferência do "anjo da guarda" em nossas vidas. Muitas vezes ela grita, nos faz até balançar em nossas escolhas, mas não a ouvimos.  E quando percebemos o resultado negativo advindo dessa escolha, alguns pensamentos nos vêm, imediatamente : "se eu tivesse feito diferente", "bem que algo me dizia para não agir assim".

Acredito muito na intuição. Alguns a chamam feminina, mas está presente, independente do sexo. Quando cismo com alguma coisa, eu a evito. Se ouço aquela vozinha interior me dizendo para não viajar em determinado dia, adio. Isso não é loucura. Quantas vezes nos atrasamos para sair e verificamos, mais tarde, uma ocorrência havida que poderia estar relacionada conosco. O atraso nos impediu de estar ali, no momento infeliz.


                                                         

Não me refiro a destino, mas àquele sentimento inexplicável que costuma tomar conta de nós.  Quando conheço algumas pessoas, se a vozinha me diz que não são confiáveis,  passo a observá-las com mais atenção, de forma a me precaver. Se estou para fazer uma aquisição e sinto aquela intranquilidade, resolvo deixar para depois e reflito melhor. Se ouço um fato e a vozinha me fala para me aprofundar mais, procuro detalhes e costumo comprovar que não é real.

Já vi reportagens sérias fazendo alusão a esse sentimento. Grandes empresas ficam atentas à intuição de seus empregados. Tudo parece estar perfeito para o lançamento de um projeto e a intuição diz que ele não é oportuno. Se a ouvem, só lucram. Estão a valorizá-la cada vez mais. Principalmente quando vem de mulheres.

Acredito que nossa sensibilidade é forte. Podemos antever perigos. Podemos tirar a credibilidade de algo, só pela intuição. Tenho observado esse fator em minha vida há muito tempo.  Cada um de nós, se refletir um pouco, vai encontrar sua presença em vários acontecimentos, onde  tenha sido ou não seguida.


                                                      

A intuição nos fornece um olhar diferente sobre as opções que nos são apresentadas, em vários caminhos. Por ela se chega a uma verdade que está além da razão e do conhecimento. Certa vez, estava logo atrás de um caminhão e comecei a sentir essa sensação de intranquilidade. Logo que mudei de pista, seu motorista se distraiu e ele voltou, repentinamente,  batendo no carro que ficou onde eu estava.

Muitas outras ocorrências poderia mencionar, até vivenciadas por terceiros, mas nem todos acreditam . Pode ser a voz do " anjo da guarda", ou não. Mas que deve ser ouvida, não tenho dúvida. Aproveitamos pouco nossa capacidade mental . Somos bem mais poderosos do que imaginamos. Se não atingimos maiores limites é porque nos apegamos ao óbvio, sendo que nada tem esse caráter. Que o digam os cientistas e pesquisadores.



12 comentários:

  1. Marilene,
    "É o tal do sexto sentido". Acho até que as mulheres o tem mais acentuado por sua conexão maior com a espiritualidade. Mas, na verdade, esta chamada intuição é a voz de nosso anjo protetor nos alertando sobre algo importante. Só que muitos não atendem a este clamor, o que é lamentável.
    Bitokinha e boa-noite.

    ResponderExcluir
  2. Note bem: não atendem ao clamor por falta de sintonia. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Marilene

    A intuição é facto decerto, que devemos seguir, por vezes ela pode estar errada, mas é mais as vezes que dá certo, por isso ajo muito guiado por essa luzinha.
    Obrigado pela visita.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga! Podemos chamar por muitos nomes, sexto sentido, intuição, premonição, voz interior, "anjo da guarda", o fato é que existe sim, algo que nos indica o caminho, o universo tenta nos mostrar, cabe a nós compreendermos. Minha vida é repleta de acontecimentos e histórias onde algo ou alguém parece sussurrar o caminho que devo seguir, como você disse. Muitas pessoa não crêem, mas eu já tive muitas provas de que existe algo mais do que os nossos olhos podem ver.
    Tenha um ótimo dia.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Tudo que vc disse ai é como eu penso.Acredito na minha intuição e no meu sexto sentido.Se bem que eu já me enganei algumas vezes.Poucas,mas me enganei achando que a pessoa ou a situação era boa,ou má e era o contrario.
    Mas devemos sempre observar os sinais a nossa volta com atenção,eles são valiosos e podem nos ajudar muito.
    Obrigada por suas visitas no blog,Mari,adoro teus comments.
    Bom fds que se aproxima,bjka

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga. Vim agradecer tua visita e conhecer esse teu outro blog. Segui minha intuição. Realmente um texto que nos faz refletir e já ouvi muitas vezes as pessoas dizendo: ah, se eu tivesse dado ouvidos a minha intuição. Voltarei para espiar e aprender um pouco mais aqui neste tão belo cantinho. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana o blogue; estou com uma intuição que não sairei mais daqui. -rs

    Adorei; abração.

    ResponderExcluir
  8. Marilene,
    procur desenvolver a minha ao máximo e acho que desde criança deveíamos ser sensibilizados e educados nesta direção para aprendermos a ser maiores.
    Belo post querida!
    Amei!
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  9. Posso dizer que concordo com vc!... Na verdade nunca parei muito para pensar sobre a intuição, nunca fui conivente com isso. mas em muito do que li, concordo!

    Beijo grande e um ótimo fds!

    Nos encontramos no Alma!

    ResponderExcluir
  10. Vou começar a prestar mais atenção na minha intuição, pois ultimamente não acerto uma. .-.

    abraço meu, adorei seu blog, muita informação booa. :)

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post. Concordo com vc. Precisamos estar atentos para os sinais que recebemos.
    Beijão! Ótima semana!

    ResponderExcluir
  12. Também confio muito na minha intuicao, e quando quis dar às costas pra ela, eis que a bordoada foi feia!

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...