25 de jun de 2011

NOSSOS MEDOS

(domínio público)
                                                               
As pessoas, em sua maioria, são bastante comodistas. Gostamos de nossas casas porque as conhecemos, sabemos onde está cada coisa, nos habituamos a ela. Se surge uma oportunidade de mudança, ainda que para melhor, começa a dor no estômago, o receio de começarmos tudo de novo, de não conseguirmos pagar prestações, de não nos adaptarmos... e por aí vai . Casas até que não são tão importantes, se aquela onde residimos nos proporciona condições satisfatórias de vida.

Mas nem sempre se trata de residência. Uma nova oportunidade de trabalho, uma promoção, até mesmo uma nova atividade profissional, podem ser  assustadoras. Muitos permanecem em um emprego onde não são tratados com dignidade, por comodismo. Procurar outro? Será que vou conseguir? E passam anos sofrendo pelo medo de arriscar.


(domínio público)

Encontramos maus profissionais em todas as áreas. Não fizeram a escolha por motivação pessoal, foram induzidos por familiares, pela possibilidade de melhoria financeira. Percebem isso e, independente da idade, sempre poderão fazer outra tentativa. Mas são aprisionados pelo medo. Já estão ali, prá que tentar? Raciocínio inconveniente e infrutífero.
Estamos conhecendo, frequentemente, engenheiros que passaram a comerciantes, médicos que se transformaram em músicos, advogados que optaram por abrir um restaurante... São os que não se deixaram prender pelas amarras do comodismo e pelo medo de seguir um caminho diferente. Todos fazem essas mudanças com insegurança, mas não pensam em morrer de pneumonia porque vão se molhar.

O comodismo e o medo são grandes dificultadores da vida, se pensarmos em satisfação pessoal. E raros são aqueles que abrem mão do conforto para buscar qualidade de vida. Reclamam, choram, bebem, têm insônia, recorrer a médicos e medicamentos, mas não têm coragem para mudar. E como nossas vidas são um sopro, chegam ao fim dela irrealizados e infelizes. Sempre se pode usar a desculpa de que é pelo bem da família, mas pessoas queridas não desejam nossa infelicidade.


(free)

Alegres e contentes são aqueles que não desejam muito em termos financeiros e que sabem utilizar o dinheiro para momentos de lazer com a família e amigos. E felizes são os capazes de grandes mudanças. Os que não se apegam aos bens materiais, que cultivam a paz de espírito e o respeito por si próprios. Os que buscam trabalhar no que gostam e, por isso mesmo, são excelentes profissionais.

O medo e o comodismo não são bons conselheiros. Nem aquelas pessoas que nos levam a ficar no mesmo lugar, que não incentivam a exploração de caminhos diferentes, que só aconselham a aceitação de tudo como se fosse nosso destino sofrer. Temos livre opção até nos ensinamentos divinos. Talvez nos falte, realmente, coragem, mas se dermos o primeiro passo, a sensação de liberdade e poder serão contagiantes, nos levando a horizontes muito maiores, ao encontro de nosso verdadeiro "eu", ao que necessitamos de fato.


(domínio público)

Há quem viva casamentos desastrosos por anos e anos, sempre encontrando desculpas fáceis para sua manutenção. E há aqueles que encaram de frente seu comodismo e seu medo. Temos uma grande capacidade de readaptação e de renovação. E só precisamos de um comportamento para vencer nossos medos : essa coragem para recomeçar.



11 comentários:

  1. MA,
    Somos muito resistentes a mudanças. O novo sempre assusta. Conforme você salientou, tudo depende do primeiro passo, do pontapé inicial.
    Para o nosso bem-estar, é imprescindível vencer o medo e as incertezas. O importante é estar feliz.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Mari linda, você é um anjo mesmo! Amei o texto, muito verdadeiro. Você tem toda razão, sempre né?! rs É pra não perder o costume, rs**. Bom, a sociedade está acostumada a levar a vida assim, contentam-se com o que lhes é colocado, conformam-se, submetem-se. E levam isso para a vida mais particular, individualmente. É melhor fazer o que o outro quer, o que o outro planejou, mas melhor pra quem? Para todos, menos para si.
    Queria que você conhecesse um alguém, ou até mais, queria que um certo alguém pensasse como você.

    Beijos,
    Débora.

    ResponderExcluir
  3. Amada esta na postagem do site seu poema.
    www.fonte-amor.zip.net
    tem uma imagem postada com seu poema minha linda
    beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  4. E a coragem é a primeira de todas as qualidades que sá origem a todas as outras....confesso ser um pouco acomodada....é que...meu signo da terra...touro...assim...uma boa desculpa....kkkk.....a criação....e tal...kkk. Quero mais coragem em doses diárias. Todos os dias querida!
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  5. voce escreve muito!


    flor, amei o seu blog!
    já estou SUPER seguindo!pode me seguir também? *-*

    http://ofabulosomundodemarcellilessa.blogspot.com/

    beijinhos, flor!

    ResponderExcluir
  6. Eu não sou corajosa.. sou disposta, por isso o medo apenas caminha ao meu lado, nunca junto comigo... Olá amiga meu Ostra da poesia reabriu e estamos chamando os poetas e poetisas das ondas para fazer parte da festa... http://ostra-da-poesia.blogspot.com e tem selo/presente para teu blog amiga, ele se encontra na gadget BLOGS POÉTICOS.. Um beijo no coração e uma linda semana!

    ResponderExcluir
  7. É imprescindível vencer o medo!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. que bom ler isso, enquanto faço mudanças em minha vida.
    obrigada Marilene pelas palavras.. bjus e boa semana

    ResponderExcluir
  9. É muito frequente encontrar pessoas que levam uma "vidinha", sensaborona, sem graça, apenas porque não querem correr riscos de mudança.
    Entre os jovens vêem-se muitos que se queixam da falta de oportunidades, que andaram a estudar para nada, etc. etc. Entretanto, ao lado, estão outros que se atiraram p'ra frente, sem receio de fazer experiências até encontrarem o seu caminho.
    Gostei imenso da sua reflexão.

    Uma semana luminosa, querida. Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Querida Marilene tem um selinho no meu blog junto com um desafio pra você. Se topar passe por lá.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Realmente o medo e o comodismo caminham lado a lado... adorei este post...
    Tá chegando aos 100 seguidores aqui né! Mais que merecido o carinho e a atenção de todos a ti... tu que é sempre tão reciproca... Parabéns!
    bjss meusss

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...