13 de mai de 2011

CARTA DE ALFORRIA

                                                                  
Não há mais escravidão! Não mais se falará em "carta de alforria" ! Somos  tolos e acreditamos em palavras ditas, em sentimentos de felicidade. Em todos os cantos do mundo e, principalmente no Brasil, muitos ainda não podem caminhar com os próprios pés, acorrentados a pessoas que lhes atribuem dívidas impagáveis e se tornam donos de sua liberdade. Para esses, ainda existe o sonho, não de outra Princesa Isabel, mas de uma atitude humana, política, uma denúncia, uma eficaz atuação da polícia. Para esses, não há como fugir da gaiola. E o pior, ela nem é dourada, mas escurecida, suja, e sombreada pela submissão à qual nenhum homem deveria ter que se curvar. Mas não têm eles armas para um levante.

                                                                       
E não é só esse o tipo de escravidão a que estamos sujeitos. Há escravos de companheiros intolerantes, frios e, porque não dizer, maus. Há escravos de patrões intransigentes, desreipeitosos e, porque não dizer, maus. Há escravos de colegas de escola que humilham, que se escondem através de fachadas e não têm suas máscaras tiradas do lugar. Há escravos nos campos e nas cidades. Mesmo que com eles convivamos, nos sentimos impotentes para o necessário grito, aquele que eles mantêm contido na garganta por medo, por insegurança, por falta de opções.

                                                            

Nossa chamada liberdade é um mito. É sempre exercida de forma limitada. Mas quando esses limites são por nós mesmos estabelecidos, sentimo-nos, ainda, livres. Vivemos em sociedade e temos que respeitar para obter respeito, temos muitas vezes que retroceder, não porque estamos errados, mas porque temos que deixar o caminho livre de forma a possibilitar uma convivência harmoniosa. Ninguém pode dizer o que quer, no momento que tem vontade. Mas isso é proveniente da educação, do cumprimento de leis às quais somos subordinados, de um bem maior. Não há nada de mal nessa limitação da liberdade, eis que não somos escravos, no sentido exato do termo. Temos opções. Algumas difíceis, mesmo assim, possíveis de exercício, desde que saibamos e nos sintamos dispostos a arcar com os resultados.
                                                                  


Mas hoje é 13 de maio! Além de nos lembrarmos de Nossa Senhora de Fátima, nos voltamos para aquela libertação da escravatura. Podemos pedir a Nossa senhora que ajude os que pernanecem no regime da escravidão. E também podemos abrir os olhos, ver além do que nos é mostrado e tentar conceder, ou auxiliar na concessão de uma carta de alforria a todos que ainda são vítimas daquele regime, como os escravos de senhores feudais (aos montes neste país), às jovens escravas vivendo na prostituição (não por opção, mas por prisão decorrente de sonhos equivocados), às domésticas (vítimas de patrões dos quais não conseguem se libertar) ... 

A todos, enfim, que, de uma forma ou de outra, não foram beneficiados, ainda, por uma  Lei Áurea.



9 comentários:

  1. Verdade amiga existem muitos tipos de exploração ainda no mundo e acredito que por muito tempo.
    Beijos e boa noite!
    Salve Nossa Senhora de Fátima!!
    Carla

    ResponderExcluir
  2. MARILENE,
    SEU POST FOI MUITO OPORTUNO.
    É UM GRITO POR TODOS AQUELES QUE PERMANECEM ACORRENTADOS, SEM PODER DESFRUTAR DE UMA LIBERDADE QUE LHES FOI OUTORGADA DESDE O NASCIMENTO.
    OS HOMENS FORAM CRIADOS PARA A LIBERDADE, PARA DECIDIREM SEUS CAMINHOS CONFORME SUA LIVRE ESCOLHA.
    BEIJOCA.

    ResponderExcluir
  3. Que texto fantástico Marilene!.. Infelizmente ainda nos deparamos com situações assim.

    Beijocas super em seu coração..
    Verinha

    ResponderExcluir
  4. Ei Marilene,
    Já fui lá no Wil e dei meu votinho para você viu?
    Boa sorte.
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  5. Estou conhecendo seu blog hoje..
    Amiga realmente são cenas chocantes que vivemos dia após dia nesse Pais..
    O amor ao próximo acabou e vivemos dias de medo
    com o descaso dos governantes .
    eu blog realmente é especial.
    Estou seguindo você,,feliz final de semana beijos,Evanir.
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Minha amiga, amei o post e mais ainda o blog.
    Já sou também seguidora fiel deste encantador Diário Feminino.

    Bjs de luz

    ResponderExcluir
  7. .


    Adorável criatura,
    sempre presente.
    Beijos.

    silvioafonso





    .

    ResponderExcluir
  8. Querida liberdade urgente para toda a gente.
    Para você um beijo quente!
    Boa semana!
    Carla

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...