27 de abr de 2011

QUÍNTUPLOS? SEXTUPLOS??

(imagem internet)



Quando ficamos sabendo que casais tiveram mais de três filhos em um parto ficamos encantadas. Por mais que a situação financeira dos mesmos os assuste diante dessa realidade, não se abatem. Quando entrevistados mostram um bom humor e uma sensibilidade que nos toca. Logo surgem pessoas que desejam ajudar, que oferecem alimentos e roupas.

Educar, porém, não é só vestir e alimentar. E tenho observado que, na maioria das vezes, esses nascimentos acontecem em famílias que já possuem outros filhos e que, embora se manifestem felizes em sua simplicidade, muito pouco têm para sobreviver. Sem contar que os bebês nascem prematuros e/ou a requerer cuidados especiais. Em localidades pequenas, a solidariedade aflora mais depressa. Todos os membros da comunidade prestam auxílio.



A imprensa noticia, apresenta-os, fala das doações... e depois nada mais sabemos sobre eles. Se já é difícil pagar escola para um ou dois, como conseguem os que têm quíntuplos, sextuplos?  E os planos de saúde? Os remédios, vitaminas, pediatra? Será que conseguem viver ou apenas sobrevivem?

Quando vi a foto que coloquei no início desta postagem, fiquei emocionada. Sextuplos. Ela fala por si. E me motivou o post.

Por maiores que sejam as dificuldades, percebemos que os pais se sentem realizados. A felicidade deles é contagiante. Ainda que a vida lhes dê esse desafio e essa responsabilidade, todos eles mencionam a ajuda divina para vencer. É como ter uma creche em casa. Mas não importa o nível cultural e financeiro desses pais, o que encanta mesmo é sua disposição para realizar a difícil tarefa de criar e educar tantos filhos de uma só vez. Eles confiam em Deus, têm fé e alimentam esperanças. E por isso mesmo, vencem.

                                                           
Esses acontecimentos me fizeram lembrar as palavras de VICTOR HUGO:

"O futuro tem muitos nomes.
Para os fracos é o inalcansável.
para os temerosos, o desconhecido.
Para os valentes é a oportunidade."



Se forem questionados sobre o medo, responderão, certamente, que não o sentem. A fé lhes dá coragem e seu amor incondicional fará com que não pensem em vitórias inalcançáveis. Seu pensamento positivo e seu otimismo são as armas que os levarão à vitória.


                                                                
Não disse SHAKESPEARE que "O amor não prospera em corações que se amedrontam com as sombras" ?  Esses pais nem sequer vêem as sombras. Só o amor.


                                                     Marilene




8 comentários:

  1. Marilene,
    finalmente consegui te seguir. rs
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Uma bela reflexão sobre esse tema que para nós é difícil imagimar quintuplos ou sextuplis juntos. Tive 4 filhos em 5 anos, uma bela escadinha. Deu trabalho, foi legal! beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Muito bom mesmo esse texto, nos leva a refletir sobre um tema tão importante.Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Que foto realmente bela e repleta de sensibilidade! Adorei a postagem! bjs Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//

    ResponderExcluir
  5. Linda imagem, carregada de amor e felicidade dos pais que movidos pela fé seguem em frente, se agigantam e por fim conseguem criá-los. Mesmo nos dias atuais, quando nos deparamos com tantos atos de desamor , como no caso daquela mãe que colocou um rescém nascido em uma lixeira e mais outros ainda não esclarecidos. Há uns cinquenta anos atrás era comum ver se famílias com muitos filhos, muitas camas , mesas enormes e muitas bocas para sustentar. Minha avó dizia:onde comem cinco, comem dez! E todos eram felizes, sem luxo, mas felizes! É, amiga, os tempos mudaram. Mudaram os valores e o conceito de familia.O país está envelhecendo, quem sabe não serão esses quíntuplos ou sextuplos a solução?Que Deus abençõe a esses pais corajosos e providos de fé!
    Beijos.
    Zelia

    ResponderExcluir
  6. Às vezes me indago : Por que certos casais lutam
    tanto por filhos (e acabam tendo vários de uma só vez) quando mães jogam seus bebês fora?
    No caso do seu post, só a fé mesmo!!!
    Bj.

    ResponderExcluir
  7. Olá Marilene !!
    Muito lindo suas colocações sobre o amor materno, paterno e de família... Realmente é um amor incondicional !! A foto lá em cima então...
    Seu blog é inspirador !!
    Obrigada pela visita também.
    Darei bons passeios por aqui !!
    Bjinhos em seu coração,
    **Sil**

    ResponderExcluir
  8. La prima immagine mi piace moltissimo, vorrei anchio avere tanti bambini sopra di me!! buona serata...ciao

    ResponderExcluir

Marque presença! Ficarei feliz com seu comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...